MADEM SA: como o Guardião XML mudou a rotina de uma empresa líder mundial no seu segmento

Uma empresa não sobrevive por muito tempo se não se atualizar para atender às demandas do mercado. Com 71 anos de história, a Madem SA, de origem gaúcha, líder mundial em bobinas de madeira para a indústria de cabos elétricos, é um bom exemplo disso. No último mês, a gestão da empresa ganhou mais um aliado na adaptação ao nosso tempo, o Guardião XML.

O processo de recebimento e conferência de cargas exigia trabalho intenso, com importantes etapas humanas suscetíveis ao erro. “Na portaria, quando chegavam as cargas, o pessoal responsável pela liberação abria cada pedido, toda vez, e anotava se era parcial ou integral. Liberada, a carga seguia para o almoxarifado para a verificação de quantidade, confirmação se o produto era o mesmo informado na nota e informar, manualmente, o código que cada produto tem no sistema da empresa, que pode não ser o mesmo código para o fornecedor”, relata Rodrigo Boito, responsável pela implantação do Guardião XML na Madem.

Como o virar de uma chave, com a instalação do Guardião XML, os processos já passaram a ser muito mais práticos e automatizados. Na portaria, cada nota fiscal que chega é verificada pelo XML, no Guardião, e é gerada a pré-nota. O papel de quem faz a conferência da carga também foi simplificado: é concentrado na avaliação física do material entregue, e já não exige a busca por códigos e a anotação manual. O departamento fiscal também não precisa mais fazer lançamentos manuais, recebe informações mais precisas e faz o trabalho de classificação e lançamento da nota com menos etapas, menos tempo e sem erros. “A aceitação foi muito boa. O processo reduz a necessidade de consultas, a incidência de erros e o retrabalho”, resume Boito.

A agilidade vista do Guardião XML implantado na unidade da empresa em Rio Negro (PR) – e que deve migrar para as demais – garante que diversos departamentos ganhem tempo. E ele é precioso para uma empresa que recebe cerca de 40 cargas por dia.

 

Como dissemos no início, a Madem chega forte aos seus 71 anos porque soube o momento de investir em inovação. Criada como fabricante de barris para a indústria vinícola em Garibaldi (RS), a empresa viu toda a sua demanda na região zerar quando os barris de madeira passaram a ser substituídos nas vinícolas. Em 1970, 21 anos após sua fundação e consolidada no mercado, a Madem reinventou-se, passou a produzir embalagens de madeira e diversificar o seu produto. Hoje é líder internacional no seu segmento, conta com 8 unidades – Brasil, Espanha, Bahrain, USA, México e Colômbia –, exporta para mais de 45 países… E não para de inovar.